Este site usa cookies. Ao usar esse site, você concorda com nossa política de cookies. As configurações de cookies podem ser alteradas em seu navegador.Descubra mais

Isso é ventilação na UTI - O novo conceito Evita V800

Isso é ventilação na UTI

Mais informações

Dia após dia, procuramos melhorar os resultados na terapia intensiva. O nosso foco é reduzir as taxas de mortalidade, aprimorar a evolução dos pacientes e melhorar a satisfação dos profissionais. É isto que nos motiva na UTI. Aqui você pode descobrir o que fazemos e como fazemos isso.

Desafios

Pulmão não ventilado icon

23%

de todos os pacientes na UTI em ventilação mecânica desenvolvem síndrome da insuficiência respiratória aguda (ARDS).¹

Não retornam ao trabalho icon

Quase 50%

dos pacientes que sobrevivem ao ARDS não voltam ao trabalho, um ano após a alta, devido à fraquezas musculares adquiridas durante a internação na UTI.²

A falta de variabilidade icon

A falta de variabilidade

leva ao prolongamento da ventilação mecânica.³

A mobilização precoce icon

A mobilização precoce

resulta em uma menor permanência na UTI.⁴

Esse é o novo conceito Evita V600 / V800

Desenvolvemos os novos ventiladores Evita V600 e V800 para dar apoio nas suas tarefas clínicas do dia-a-dia da UTI. Veja como, clicando nos tópicos abaixo. Para obter mais informações, faça o download do folheto do produto aqui.

O novo conceito Dräger Evita V800 é fácil de manusear
  • Utilização rápida e segura, mesmo em situações de maior stress, devido ao acesso ao menu intuitivo de configurações e dos dados clínicos.
  • Todos os dados do paciente, os alarmes e as tendências são integralmente registrados e facilmente exportados via USB.
  • Alterne entre diversas configurações de visualização com apenas um toque.
  • Orientação passo a passo que o guia por todos os procedimentos. 
  • Luz de alarme que pisca na cor da prioridade correspondente e pode ser vista de qualquer direção.

Isso é diferenciação

Os nossos equipamentos combinam ventilação de alto desempenho com design moderno e uma filosofia operacional avançada. Assista ao vídeo abaixo e descubra uma maneira nova e simples de ajustar a sua estratégia de ventilação.


Isso é ventilação na UTI - Isso é Diferenciação. Isso é a nova Interface de Usuário.

Esta é a nova experiência de usuário em ventilação mecânica.

Você quer mais informações sobre o novo conceito Evita?

Gostaria de ter o novo conceito Evita em seu hospital? Entre em contato conosco que teremos prazer em solucionar suas dúvidas.

User Interface Designer Sebastian Fischer

Isso é mais que um layout – O processo de design

Fizemos três perguntas ao nosso Designer de Interface de Usuário Sebastian Fischer sobre como começa o processo de desenhar uma nova interface. O que você leva em consideração e quais são as melhorias no uso diário?

Como inicia o desenvolvimento de uma nova interface de usuário? De onde vêm essas ideias?

Primeiro, observamos as necessidades dos nossos clientes e usuários. Em seguida, analisamos os fluxos de trabalho e as rotinas diárias no ambiente clínico. E também contamos com as contribuições dos nossos departamentos de vendas, marketing e Dräger Service.
Além disso, também integramos no nosso trabalho os comentários diretos dos clientes recebidos pelo nosso Atendimento ao Cliente.

Qual foi o principal motivo para rever a interface? O que foi particularmente importante para você durante o desenvolvimento?

Hoje em dia, muitos produtos dos nossos clientes funcionam de forma digital e em rede. Isto também tem um impacto nas expectativas em relação à interface do usuário, e estabeleceram-se novos modos de interagir com os equipamentos.
Incluindo, por exemplo, controle por gestos, que também é parte da nova interface de usuário da Dräger. Foi importante que os usuários pudessem transferir as suas experiências cotidianas para os nossos equipamentos.
Isto contribui para a redução do tempo de treinamento e uma maior segurança na utilização, o que, consequentemente, gera maior segurança para os pacientes.

Quais são as principais vantagens da nova interface?

Nas unidades de cuidados intensivos atuais, é possível encontrar muitos equipamentos na beira do leito. Os médicos e enfermeiros precisam interpretar as informações e os dados de todos estes equipamentos. A nova interface de usuário tem um design claro, que ajuda a tomar decisões rápidas e precisas. Além do mais, o plano de fundo claro minimiza os reflexos da luz ambiente, que tanto atrapalham. Sabemos que o uso de poucas cores traz tranquilidade, e por isso decidimos usar apenas cores de sinalização quando estritamente necessário. O mesmo se aplica às informações no visor, que foram reduzidas ao que é essencial. As questões clínicas decisivas, que vão além disto, podem ser respondidas de forma muito simples e rápida.

Outra vantagem importante é que, na nova  linha de ventiladores Evita, você pode iniciar a ventilação de maneira simples, segura e com poucos passos. Isto contribui de maneira significativa para aliviar a sobrecarga aos profissionais que estão na rotina de trabalho do dia-a-dia.

Dr. Thierbach fala sobre sua primeira impressão sobre o novo conceito Evita V800

Isso é o que seus colegas pensam dele

Nunca se tem uma segunda oportunidade para uma primeira impressão. Fizemos três perguntas rápidas ao Dr. Thierbach sobre a impressão dele depois de ter usado o novo conceito Evita pela primeira vez.

Qual foi a primeira coisa que reparou quando conheceu o novo conceito Evita?

A exibição na tela é mais organizada e clara, as cores foram bem escolhidas e, graças à nitidez consideravelmente melhorada, a leitura e a visibilidade estão muito boas. Há diversas formas práticas de apresentação e configurações individuais. A nova interface também nos auxilia com novas funções de ajuda durante a implementação da terapia ventilatória.

O que você achou da introdução do produto?

Na realidade, nem precisamos de um briefing. Eu e os meus colegas estamos tão acostumados à filosofia operacional da Dräger que nos sentimos imediatamente familiarizados com o equipamento. Esta é, com certeza, uma grande vantagem em termos de segurança e formação. Isso reduz drasticamente a probabilidade de erros devidos a sobrecarga de trabalho e erros por falta de conhecimento sobre o produto.

Como você resumiria o novo conceito Evita em uma frase?

A Dräger implementou muitas melhorias em uma tecnologia já comprovada. Essa tecnologia que ja era boa ficou ainda melhor.


Isso é funcionalidade

É assim que ajudamos a melhorar os resultados dos pacientes com ferramentas de tratamento ventilatório para uma estratégia individualizada de ventilação: faça o download dos nossos folhetos informativos sobre as funções de ventilação e conheça melhor os benefícios dessas ferramentas.

pt-br-niv-fs-9-11-9108937-pt-br.jpg
Ventilação não invasiva (VNI)

Melhores resultados com ventilação não invasiva (VNI)

PDF, 1MB

Download

pt-br_lowflow-fs-9-11-9108935-pt-br.jpg
Loop de PV de baixo fluxo

Manobra de recrutamento pulmonar automático com loop PV de baixo fluxo

PDF, 1MB

Download

pt-br_smartcare-fs-9-11-9108939-pt-br.jpg
SmartCare®/PS

Desmame automatizado com protocolo SmartCare®/PS

PDF, 1MB

Download

pt-br_aprv-fs-9-11-9108938-pt-br.jpg
Ventilação com libertação de pressão nas vias aéreas

O PC-APRV permite a respiração espontânea sob pressão positiva contínua nas vias aéreas com breves liberações de pressão.

PDF, 1MB

Download

pt-br_co2-fs-9-11-9108940-pt-br.jpg
Medição de CO2

O monitoramento preciso e confiável da concentração de CO2 dos pacientes é crucial.

PDF, 1MB

Download

pt-br_variable-pressure-fs-9-11-9108936-pt-br.jpg
Pressão de suporte variável

Imitar a respiração natural: Pressão de suporte variável

PDF, 1MB

Download

Fatos comprovados

Mais respiração natural icon

Mais respiração natural

com sincronia melhorada entre a ventilação e o esforço do paciente. ⁵٫⁶٫⁷ 

Pulmão não ventilado icon

SmartCare/PS

é o único modo de ventilação que diminui o tempo de desmame (até 40%) e o tempo de permanência na UTI.⁸

Pulmão não ventilado icon

APRV

Nos pacientes que apresentam ARDS moderada a grave, o uso do APRV melhora a função pulmonar e a hemodinâmica destes pacientes. Também reduziu a necessidade de sedativos e o tempo da ventilação mecânica, assim como o tempo de permanência na UTI.⁹

Menor tempo de permanência na UTI icon

Menor tempo de permanência na UTI

A VNI reduz a necessidade de cuidados intensivos e reduz a permanência no hospital, em média, em 3 dias.¹⁰

Isso é melhorar os resultados

Os pacientes em ventilação mecânica estão entre os mais vulneráveis no hospital. Nós damos suporte para estratégias de ventilação que ajudam a evitar lesões pulmonares e, ao mesmo tempo, maximizar as trocas gasosas. Saiba mais sobre as nossas soluções abaixo:

Isso é ventilação na UTI - Ventilação protetora com a família do ventilador Evita e Babylog

Soluções em ventilação protetora

Produtos relacionados

Dräger Evita V600

Dräger Evita® V600

Dräger Evita V800

Dräger Evita® V800

Entre em contato com a Dräger

Contate-nos Hospital

Dräger Indústria e Comércio Ltda.

Al. Pucurui 51/61 - Tamboré
Barueri - São Paulo - Brasil
06460-100

+55 11 4689 4900

Fontes

  1. Bellani et al., ‘Epidemiology, Patterns of Care, and Mortality for Patients With Acute Respiratory Distress Syndrome in Intensive Care Units in 50 Countries’, JAMA, vol. 315, Feb. 2016.
  2. Kamdar et al., ‘Joblessness and Lost Earnings after Acute Respiratory Distress Syndrome in a 1-Year National Multicenter Study.’, Am J Respir Crit Care Med., Oct. 2017.
  3. Spieth PM et al., Short-term effects of noisy pressure support ventilation in patients with acute hypoxemic respiratory failure.; Crit Care. 2013 +Thille AW et al., Patient-ventilator asynchrony during assisted mechanical ventilation.; Intensive Care Med. 2006
  4. Van Willingen Z et al., Quality improvement: The delivery of true early mobilisation in an intensive care unit, BMJ Qual Improv Rep. 2016
  5. Spieth PM et al., Short-term effects of noisy pressure support ventilation in patients with acute hypoxemic respiratory failure. Crit Care 2013; 17: R261
  6. Morawiec E et al., Comparative Effects of Variable Pressure Support, Neurally Adjusted Ventilatory Assist (NAVA) and Proportional Assist Ventilation (PAV)
    on the Variability of the Breathing Pattern and on Patient Ventilator Interaction Am J Respir Crit Care Med.. 2015;191:A3163
  7. Vassilakopoulos T, Zakynthinos S., When mechanical ventilation mimics nature. Crit Care Med. 2008 36(3):1009-11.
  8. F. Lellouche et al., Am J respir Care Med Vol 174, 2006 + Cochrane Library 2013, Issue 6
  9. Li JQ. et al., Clinical research about airway pressure release ventilation for moderate to severe acute respiratory distress syndrome. Eur Rev Med Pharmacol Sci. 2016 Jun;20(12):2634-41
  10. Warren DK, et al. Outcome and attributable cost of ventilator-associated pneumonia among intensive care unit patients in a suburban medical center. Crit Care Med. 2003; 31(5):1312-7.