Este site usa cookies. Ao usar esse site, você concorda com nossa política de cookies. As configurações de cookies podem ser alteradas em seu navegador.Descubra mais

H<sub>2</sub>S: Riscos e Monitoramento - Riscos e monitoramento – X-Zone 5500 num local de perfuração

H2S: Riscos e Monitoramento

Entre em contato

Reduza os riscos do H2S no setor de petróleo e gás

Seja em greenfield, brownfield, exploração em campo, desenvolvimento ou encerramento: o sulfeto de hidrogênio (H2S) é uma ameaça constante aos trabalhadores e socorristas em qualquer fase da exploração e produção de petróleo e gás. Por isso, a gestão de segurança deve se concentrar na detecção e monitoramento do H2S, prevenção de incidentes e preparação para resgate.

A medição precisa do H2S e monitoramento dos pontos de liberação de H2S e também os conceitos de fuga em emergência são nossos pontos fortes. Saiba mais sobre como tratamos esses tópicos e como podemos lhe ajudar a trabalhar com segurança.

Gifográfico sobre os impactos dos riscos do petróleo e gás no organismo

Sulfeto de hidrogênio – altamente tóxico para humanos

O H2S é um risco constante à segurança em praticamente todos os locais de trabalho no setor de petróleo e gás, e dentro de toda a extensão da cadeia produtiva. Uma vez que incidentes com altas concentrações de H2S podem levar à morte em segundos ou, no melhor caso, a danos muito graves à saúde, é importante conhecer tudo sobre as implicações desta substância perigosa.

Os impactos dos PRODUTOS PERIGOSOS petróleo e gás no organismo

Os impactos dos produtos perigosos petróleo e gás no organismo

Veja os impactos dos produtos perigosos no corpo humano e como os trabalhadores da indústria do petróleo e gás podem detectar ameaças para se manterem seguros.

Baixar o gráfico

X-Zone 5500 num local de perfuração em Bakersfield, Califórnia

Saber monitorar o H2S de forma precisa pode salvar vidas

Todos os locais de perfuração e toda tecnologia de extração, como um campo de gás ácido ou Recuperação Avançada de Petróleo (RAP) têm suas próprias regras, e também fontes e vazamentos únicos de sulfeto de hidrogênio. Por esse motivo é muito importante a avaliação profissional de risco, medição precisa e monitoramento contínuo de gás com conexão direita aos sistemas de alarme. Saiba como a Dräger pode ajudar a resolver esse problema, mesmo em trabalhos sob as mais duras condições ambientais.

Monitoramento de H<sub>2</sub>S

Monitoramento de H2S em petróleo e gás

Como o H2S é incolor e acumula-se no nível do solo, o monitoramento contínuo e com base na concentração individual é absolutamente essencial no setor de petróleo e gás.

Saiba mais

Artigo técnico sobre Monitoramento Móvel de Gases

Monitoramento móvel de gases

Um sistema móvel de alerta de gás que possa ser implantado rapidamente em campos de perfuração novos pode ser uma alternativa com uma boa relação custo-benefício em relação a sistemas de alerta de vazamento de gás.

Saiba mais

Proteção respiratória confiável com fatores de proteção altos

Fugir de uma área contaminada com sulfeto de hidrogênio exige que você possa confiar 100% no seu EPI. Um respirador inadequado para as condições de H2S, ou sem comprovação de que o fator de proteção é suficientemente alto para as concentrações reais de H2S existentes, pode resultar em danos graves ao usuário. Saiba mais sobre teste e aprovação de dispositivos de proteção respiratória e como escolher a solução de fuga correta.

Respiração segura, mesmo com concentrações extremamente altas de H<sub>2</sub>S

Trabalho seguro nas condições mais adversas de H2S

Concentrações extremamente altas de H2S, como aquelas presentes em alguns campos de gás ácido, são um grande desafio para a segurança ocupacional. Saiba como o equipamento autônomo de proteção respiratória (SCBA) com fatores de proteção comprovados permitem o trabalho seguro em áreas com presença de sulfeto de hidrogênio.

Artigo técnico sobre Teste de Vedação para H<sub>2</sub>S

Artigo técnico: Proteção respiratória para H2S

Como testes de vedação podem ajudar o trabalho seguro em ambientes com H2S. Melhore o seu nível de segurança com conhecimento sobre fatores de proteção e métodos de teste.

Saiba mais

Artigo técnico sobre 9 km de ar respirável

Caso: 9 km de ar respirável

O uso do método de recuperação avançada de petróleo (EOR) significa encarar concentrações extremamente altas de H2S. Trabalhar nessas “zonas vermelhas” é um desafio. Entenda.

Saiba mais

Artigo técnico sobre quase-acidentes

Gerenciando quase-acidentes: aprendendo com situações críticas

Monitorar quase-acidentes e fontes de perigos durante momentos de parada da fábrica pode ser uma excelente fonte de ideias para melhorar a segurança.

Saiba mais

Explore mais

Respiração segura mesmo com concentrações extremamente altas de H<sub>2</sub>S

Artigo técnico: bem preparado para altas concentrações de H2S

Artigo sobre Respirador de Fuga

Artigo técnico: escolher o melhor respirador de fuga

Artigo técnico sobre Mitos em Emergência

Três mitos sobre o comportamento humano em emergências

Artigo sobre dióxido de enxofre

Dióxido de enxofre: tóxico e gravemente irritante

Roupas à prova de respingos – SPC 4900

Produtos perigosos: o que você precisa saber

É essencial compreender os produtos perigosos e as implicações dessas substâncias no corpo humano. Produtos perigosos são sólidos, líquidos ou gases que podem causar danos a organismos, propriedades ou ao meio ambiente. Ao trabalhar com produtos químicos, você verá ícones úteis nos rótulos. Esses lembretes visuais indicam a natureza e o grau de perigo associado aos produtos químicos e, mais importante, identificam os comportamentos preventivos para proteger a sua saúde e o meio ambiente.

O que cada pictograma de CLP quer dizer

Uma visão geral rápida com o nosso infográfico

Aprenda mais sobre as diferentes classes de produtos perigosos e os símbolos identificados nos rótulos dessas substâncias. Nosso infográfico aborda tudo.

Saiba mais

Sinalização de efeitos de produtos perigosos

Efeitos de produtos perigosos

Os produtos perigosos afetam o corpo de três formas principais:

  • Efeitos na consciência podem incluir tontura ou desmaio.
  • Efeitos internos normalmente afetam órgãos, podendo comprometer funções vitais.
  • Efeitos externos incluem irritação da pele ou ferimentos mecânicos.

Frequentemente, por lidar com hidrocarbonetos inflamáveis com potencial tóxico e carcinogênico, os ambientes de trabalho da indústria de petróleo e gás natural podem ficar perigosos rapidamente. Alguns exemplos de gases perigosos incluem: benzeno, dióxido de carbono, sulfeto de hidrogênio e dióxido de enxofre. O gás e o petróleo ácidos são os materiais perigosos mais comuns na indústria de petróleo e gás natural, eles contêm altos teores de enxofre e sulfeto de hidrogênio, que podem ser mortais se inalados.

Materiais de apoio

Folheto H<sub>2</sub>S
E-Book: H2S - O conhecimento pode salvar vidas
PDF 2,90 MB

Baixar e-book

Entre em contato com a Dräger

Contate-nos Safety

Dräger Safety do Brasil Equipamentos de Segurança Ltda.

Al. Pucurui 51/61 - Tamboré
Barueri - São Paulo - Brasil
06460-100

+55 11 4689 4900

Filial Camaçari

Rua Hidrogênio, 2802, Galpão 03
Polo Industrial de Camaçari
Camaçari – Bahia - Brasil
42816 -140

Filial Macaé

R. Fiscal Juca, 476 - Novo Cavaleiros
Macaé - Rio de Janeiro - Brasil
27933-450

+55 22 2765 7098

Filial Triunfo

Rod. Tabai/Canoas  km 419 - Vila de Contorno 850
Triunfo - Rio Grande do Sul - Brasil
95853-000

+55 51 3457 1303